Blog

Embora o nome deste blog seja manutenção industrial moderna, a manutenção autónoma tem sido um assunto abordado já há algum tempo. A manutenção autónoma surgiu em 1971 com o desenvolvimento do TPM (Total Produtive Maintenance), no Japão, pelo grupo Toyota.

O TPM foi desenvolvido com o objectivo de eliminar perdas, reduzir paragens, melhorar a qualidade e reduzir custos. O suporte do TPM é o envolvimento de todos os colaboradores, baseado no trabalho de equipa e na prática da melhoria continua.
Com o grande desenvolvimento da tecnologia entre os anos 60 e 70, os equipamentos necessitavam de cada vez mais manutenção e consequentemente foi necessário aumentar as equipas de manutenção, o que se tornou um problema. Para minimizar esta situação, com o desenvolvimento do TPM, surgiu a manutenção autónoma, um dos seus pilares.

A manutenção autónoma veio desenvolver a ligação entre a manutenção e a operação, aproveitando a experiência e o conhecimento que os operadores tinham dos equipamentos para os envolver nas actividades de primeiro nível da manutenção e pequenas reparações. Esta mudança de paradigma da operação veio motivar os operadores para manter os seu equipamentos em perfeitas condições, possibilitando a detecção precoce dos problemas. O desenvolvimento do trabalho de equipa entre a operação e manutenção, permitiu que ambos passassem a falar a mesma linguagem e que trabalhassem com os mesmo objectivos.

 

Conhece todos os desenvolvimentos no sector

Este site usa cookies para obter os usuários de navegação de dados estatísticos. Se você continua a navegar considerase a aceitação de seu uso. Mais informação. Aceitar